Bolão 23

Bolão de Rio do Sul será ampliado em 2018


Por Arthur | 4 de Fevereiro de 2018
Foto: Arthur Hoffmann/FMD

A Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul fechou nesta semana a continuação dos projetos de bolão 23 masculino e feminino do município. As duas equipes, que disputam diversas competições estaduais e nacionais acumulam diversas conquistas todos os anos. Assim como ocorreu em 2017, o grande objetivo de ambas as equipes é os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

Luciane Pereira e Dirk Frank Klug continuam coordenando ambas as equipes e atuando em parceria com o Clube Caça e Tiro Dias Velho, que cede sua estrutura para os treinos. De acordo com o superintendente da FMD, Jeberton Fermino, as modalidades serão ampliadas. Ele comentou a Fundação aumentou o repasse mensal para ambas, dando mais aporte e estrutura para o trabalho durante o ano.

“Além de ser uma modalidade histórica e tradicional, o bolão todos os anos acumula importantes títulos, sempre chegamos longe na maioria das copas, torneios e campeonatos importantes que disputamos. Para o próximo ano, com certeza, vamos buscar boas posições nos Jogos Abertos, como aconteceu neste ano”.

Entre os títulos conquistados pela equipe masculina na temporada esteve o da Copa Azulões, em Blumenau, Copa Rio Negrinho e o regional do Jogos Abertos de Santa Catarina. Na Taça Ouro e Campeonato Brasileiro a equipe ficou em quarto e no Jogos Abertos terminou no terceiro posto.

 

Curta a FMD Rio do Sul no Facebook;

Siga a FMD Rio do Sul no Instagram; 

 

“Foi um ano bem produtivo onde alcançamos tudo o que planejamos no início da temporada. Batemos na trave em algumas oportunidades e temos certeza que podemos evoluir em alguns pontos, visando sempre chegar no lugar mais alto do pódio. Estamos bem felizes pela manutenção da parceria com a Fundação”, destacou Dirk.

O bolão feminino também teve uma temporada importante, onde conquistou a Taça Ouro, equivalente ao Campeonato Catarinense da modalidade. Já no Brasileiro, as meninas ficaram com a quarta colocação. Outras competições também foram disputadas, mas foi nos Jogos Abertos que a equipe sofreu sua eliminação mais dolorosa da temporada, sendo desclassificada por um pino, após um empate contra Blumenau.

“A temporada foi intensa e exigiu bastante das nossas meninas, que se comprometeram e treinaram muito. Tivemos altos e baixos como todas as equipes, porém, fomos campeões do estado e por muito pouco não fizemos uma final dos Jogos Abertos que nos credenciava como favoritas, mesmo assim, sabemos o que precisamos fazer para melhorar nosso rendimento e conquistar mais resultados”, destacou Luciane.