Bocha Masculina

Jasti: dominó e bolão garantem troféus e fazem história no último dia de jogos


Por Arthur | 28 de Maio de 2018
Foto Daniel dos Santos – Dominó feminino

Os atletas que representaram Rio do Sul nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) fizeram história no último dia de jogos, conquistando os primeiros troféus e medalhas de ouro para o município na competição. As primeiras colocações vieram em disputas muito equilibradas no dominó feminino e bolão masculino e feminino.

 

Em 11 edições da competição, atletas do município nunca haviam vencido uma modalidade, só chegado nas finais. No dominó, a dupla formada por Elvira Zanis e Catarina Zacarias venceu Guabiruba na final por 2 a 0. A única derrota das atletas da melhor idade veio ainda na fase de grupos, no primeiro jogo. No total, 58 duplas participaram das disputas. Emocionada com o título, dona Elvira lembrou que treinou com sua parceira para os jogos apenas uma vez. “Felizmente a parceria deu certo. Quase que ela não veio jogar no primeiro dia porque estava doente, mas o Serginho foi buscar ela para o jogo. Estou muito contente”. O dominó masculino também competiu no último dia de jogos, perdendo na semifinal para Curitibanos. Na disputa de terceiro lugar a dupla venceu Itapoá por 2 a 1, ficando com mais um troféu para a cidade.

 

No bolão disputado no Clube de Caça e Tiro Dias Velho, as equipes da casa confirmaram o favoritismo. O grupo masculino composto por Armelindo Schlup, José Vignoli, Levi Lindner, Luis Carlos Baron, Nilton Spiess, Horst Tillmann e Adelbert Güths realizou boas produções na passada final e ficou com título com 692 pinos derrubados, contra 676 de São Bento do Sul que ficou com a segunda colocação. No feminino, Gercilda Guths, Ivone Spiess, Eliane Klug, Lucia Ferrari e Margarete de Andrade, tiveram mais dificuldades, mas também ficaram com o título, por apenas dois pinos. Na passada final, produção de 631, contra 629 de Itajaí na segunda colocação.

 

O superintendente da Fundação Municipal de Desportos (FMD), Jeberton Fermino, acompanhou os jogos e participou da entrega das premiações. Ele parabenizou os atletas pelo feito histórico e destacou a importância das conquistas. “Nunca havíamos vencido nos Jasti e essas conquistas vem para coroar todo um trabalho que realizamos para esse evento. Estamos muito contentes com os resultados, mas precisamos parabenizar toda delegação rio-sulense por ter representado tão bem nosso município”, comentou.

 

Evento foi um sucesso

 

Trazendo benefícios econômicos para o município, além de melhorias na estrutura esportiva, os Jogos Abertos da Terceira Idade foi considerado um sucesso pelos organizadores. A abertura no primeiro dia reuniu mais de 2.300 pessoas no Centro de Eventos Hermann Purnhagen, além disso, muitas disputas emocionantes marcaram a competição.

 

O prefeito José Thomé, que esteve presente todos os dias nas competições, destacou a importância para dos jogos para o município. “Fica um legado histórico, de termos realizado a melhor edição dos Jasti. É um evento diferenciado e especial de se organizar, por tudo que envolve, pela superação de muitos participantes e pela alegria dessas pessoas tão especiais. Rio do Sul foi a capital da terceira idade no estado por alguns dias, o que nos alegra muito. Queremos e vamos receber mais eventos desse porte. O balanço é muito positivo”.

 

Os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) foi uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul, por meio da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul.

 

Curta a FMD Rio do Sul no Facebook;

Siga a FMD Rio do Sul no Instagram;