Judô

Judô: uma luz na escuridão


Por Arthur | 27 de janeiro de 2020

Uma iniciativa inédita entre Fundação Municipal de Desportos (FMD) e Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) permite que crianças cegas ou com deficiência visual pratiquem gratuitamente aulas de judô por meio do projeto Judô: uma luz na escuridão.

 

A proposta é do técnico da FMD, Alexandre Duarte e o objetivo é oportunizar a participação dentro de uma modalidade. Os treinos serão realizados três vezes por semana, em três períodos, no Centro de Treinamento da modalidade, no bairro Canoas, em conjunto com outras crianças e adolescentes, para haver uma troca de conhecimento.

 

Conforme Duarte a ideia de idealizar o projeto surgiu de um estudo que ele realizou, que aponta que crianças cegas ou com deficiência visual em Rio do Sul não tem inserção em atividades esportivas na região. Ele lembrou que em nível nacional o cenário é ainda pior, já que não há oferta de modalidades esportivas fora das grandes cidades.

 

Para Duarte, além de fomentar o paradesporto, o projeto serve de estímulo e troca de experiência para os atletas que atualmente já praticam a modalidade. “Será uma troca de experiência enriquecedora para todos nós, que estamos estudando e adaptando os treinos para os cegos, como sinais auditivos e táteis para passar as decisões, até a parte técnica de quedas. Já está havendo procura e estamos felizes com esse pontapé inicial”, comentou.

 

Mais informações com Alexandre no (47) 9 9907-3387.

.