Atletismo

Rio do Sul terá atletas participando dos Jogos Escolares Brasileiros no Rio de Janeiro


Por Arthur | 26 de outubro de 2021

Oito atletas da Fundação Municipal de Desportos (FMD) Rio do Sul representam escolas do município ao participar do Jogos Escolares Brasileiros no Rio de Janeiro. O evento nacional reunirá mais de seis mil estudante entre os dias 29 de outubro e 5 de novembro. Haverá disputas oficiais em 17 modalidades, com organização da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) através do Ministério da Cidadania.

 

A competição é aberta a estudantes de 12 a 14 anos e terá representantes de 27 estados. Representam Rio do Sul os atletas Francisco Rodrigues do Colégio Dom Bosco e Maitê Vitória Coelho do COC no ciclismo. No atletismo há quatro atletas. Eloah Maçaneiro de Arruda do salto em distância da Escola Luis Ledra. Gabriel Ariel Riscaroli, do arremesso do peso, da Unidavi, Alan Marcianiski, dos 2.000 metros rasos, da Escola Ricardo Marchi e Petter Ariel Pereira, lançamento do disco e lançamento do martelo, da Escola Frederico Rolla, de Atalanta. João Marcos Rosa, do judô representa a Unidavi e Mel Dorigatt Raduenz do xadrez, o Colégio COC.

 

Quinze das 17 modalidades terão como palco o Parque Olímpico da Barra, criado para abrigar a maioria das competições dos Jogos Rio 2016. Serão usadas nos JEB’s as Arenas Cariocas 1, 2 e 3, o Velódromo, o Centro Olímpico de Tênis, o Complexo Aquático Maria Lenk e instalações temporárias erguidas nas áreas comuns do parque. As provas de atletismo serão no Cefan, instituição da Marinha do Brasil reformada para os Jogos Rio 2016.

 

O diretor executivo da Fundação, Jeberton Fermino, será chefe da delegação catarinense nos Jogos. Ele explicou que apenas os campeões das etapas estaduais participam do evento nacional, ressaltando que os campeões das modalidades vão ganhar bolsa do Governo Federal, além de entrar no ranking nacional de suas modalidades.

 

“É um evento que marca a retomada do desporto escolar no país, que não era realizado há 17 anos, invertendo os investimentos no esporte nacional, valorizando agora o desporto escolar, a base, que é onde muitos atletas do futuro iniciam. Será especial acompanhar nossos talentos e ter uma nova experiência ao lado de esportistas e atletas referência no país”, comentou.