Atletismo

Treinos esportivos em Rio do Sul serão liberados conforme Matriz de Risco


Por Arthur | 2 de fevereiro de 2021

Os treinos de rendimento de algumas modalidades da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul já estão ocorrendo normalmente. Para isso, o órgão vem cumprindo as orientações das Portarias Nº 703 e 852, do Governo do Estado, que define regras do setor esportivo em Santa Catarina em meio a pandemia do coronavírus.

 

Apenas adolescentes acima de 16 anos podem participar dos treinos de rendimento que estão sendo realizado em espaços públicos. Treinos de iniciação e escolinhas ainda não estão liberados. Conforme o documento, a liberação das modalidades ocorre conforme a cor da matriz de risco. Na atual classificação, laranja, podem treinar e participar de atividades atletas das seguintes modalidades: atletismo, ciclismo, xadrez, bocha, bolão 16, bolão 23, tiro esportivo, skate, badminton, tênis de mesa, tênis, natação e patinação.

 

A redução no nível da classificação de risco no Alto Vale pode autorizar a liberação de outras modalidades, como: boxe, judô, karatê, taekwondo, jiu jitsu, muay thai, MMA, capoeira, basquetebol, futebol amador, futebol sete, futsal, handebol, voleibol, vôlei de praia e pólo aquático. As portarias ainda definem diversas regras sanitárias a serem seguidas para a realização das atividades. Em caso de eventos oficiais, os atletas precisam passar pelo teste do Covid-19.

 

De acordo com o diretor técnico da FMD, Sérgio Luis Schlemper, a situação de Rio do Sul é diferente de muitas cidades, já que no município os técnicos e atletas são contratados através de Bolsa, pelo poder público. Ele explicou que em outras cidades, convênios são realizados com clubes e entidades, que realizam os treinos de maneira privada em locais alugados se responsabilizando pelas atividades. Eventos municipais como Campeonato Municipal de Bocha, Municipal de Futebol e Olimbairros também estão em análise e a realização acontecerá mediante liberação estadual para organização dos jogos por parte dos órgãos públicos.

 

Mesmo com muitas modalidades não podendo treinar, a Fundação já tem o calendário de datas dos eventos anuais da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). Isso fez os técnicos e coordenadores já organizarem treinos para seus atletas na volta dos eventos. O xadrez rio-sulense, por exemplo, é uma modalidade que já está treinando e se preparando para as competições do Estado, seguindo as regras sanitárias. “Sabemos das dificuldades, mas adaptamos o Clube Rio-sulense de Xadrez e quando os treinos não podem ser presenciais, realizamos eles de maneira online. É uma volta gradativa, mas importante”, comentou o técnico da modalidade, Cláudio Felipe Arndt.

 

Para o diretor executivo da FMD, Jeberton Fermino, as atividades logo devem ser liberadas, e a Fundação já está preparada para retomar os treinos, já que os espaços estão todos sendo adaptados e passando por melhorias. “Temos a parceria importante dos nossos técnicos e atletas que estão cientes e aguardando notícias positivas. Com a vacina e o número de casos se estabilizando e baixando, acredito que logo poderemos voltar com toda força aos treinos”, disse.