Outras

Visita técnica define detalhes dos Jasti


Por Arthur | 14 de Março de 2018
Foto Arthur Hoffmann/FMD

Integrantes da Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte) e da Comissão Central Organizadora (CCO) dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) realizaram na quarta-feira uma visita técnica nos locais de competição. O encontro definiu quais as melhorias necessárias para os jogos que acontecem em maio, em Rio do Sul.

 

O principal local de competição será o Centro de Eventos Hermann Purnhagem. Neste espaço, o primeiro pavilhão receberá a praça de alimentação, feira cultural para a terceira idade, além das estruturas para as danças de salão e coreográfica, onde serão colocadas cadeiras, sistema de som e iluminação. No segundo pavilhão, serão centralizados todos os jogos de mesa, como truco, canastra e dominó.

 

Outro espaço que está definido é a CCO, onde integradores esportivos da Fesporte vão atuar durante a competição. O centro de imprensa, que realizará transmissões da competição também terá um local exclusivo. De acordo com o secretário executivo da CCO, Sérgio Luis Schlemper, com a definição dos espaços, fica mais fácil para a montagem do projeto de decoração e layout dos jogos, como colocação das mesas e cadeiras.

 

Curta a FMD Rio do Sul no Facebook;

Siga a FMD Rio do Sul no Instagram; 

 

“Esse contato foi importante para definirmos detalhes. Agora sabemos o que realizar, alinhando os pensamentos com a Fesporte. Felizmente conseguimos centralizar tudo no Centro de Eventos, o que vai trazer uma facilidade de organização pela questão logística da competição”, comentou.

 

O presidente da CCO, Jeberton Fermino, comentou que alguns detalhes precisam ser ajustados, como decoração interna, pontos de internet e melhorias no sistema elétrico. “Estamos muito empolgados com a realização dos Jasti porque é uma competição com um público muito especial, que é a terceira idade, então queremos deixar uma boa impressão. Acredito que estamos no caminho certo, porque temos muitas definições importantes para seguirmos trabalhando”.